Topo
Entre Quatro Poderes

Entre Quatro Poderes

Caça ao termo gênero une família Bolsonaro

Felipe Amorim

19/07/2019 18h39

Jair Bolsonaro e seu filho Flávio, senador pelo PSL (André Melo/Futura Press)

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PSL) apoia a iniciativa do Itamaraty para extirpar o termo "gênero" de documentos oficiais em nossa política externa, seu filho Flávio dá sua contribuição doméstica à causa no Senado.

É de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) a emenda que buscava trocar a palavra "gênero" por "sexo" nos cadastros em estabelecimentos prisionais destinados aos filhos de pais que estejam presos. O projeto, que tratava de direitos das crianças e adolescentes, foi aprovado em junho e enviado à Câmara dos Deputados. A sugestão de Flávio foi incorporada ao texto pelos senadores.

Na justificativa à emenda, o senador escreveu: "Enquanto sexo se refere às categorias inatas do ponto de vista biológico, ou seja, algo relacionado com feminino e masculino; o gênero diz respeito aos papeis sociais relacionados com a mulher e o homem, pois, enquanto sexo é uma categoria biológica, gênero é uma distinção sociológica de difícil aferição, principalmente na infância e, principalmente para precisão de dados estatísticos".

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Sobre o Blog

Os repórteres do UOL Notícias em Brasília trazem informações do Congresso, do STF, do Planalto e dos ministérios que nem sempre habitam as manchetes, mas que revelam os bastidores dos poderes.