Topo
Entre Quatro Poderes

Entre Quatro Poderes

“Disputa de vaidade” motivou crítica de Maia a Cintra, dizem assessores

Eduardo Militão

18/07/2019 16h47

O secretário da Receita Federal, Marcos Cintra (Pedro Ladeira/Folhapress)

Assessores próximos ao secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, dizem que uma "disputa de vaidade" motivou as críticas do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ao chefão do Fisco.

Em entrevista à GloboNews, o deputado usou termos como "bajulador", "inveja" e "recalque" ao se referir à discussão sobre a proposta de reforma tributária.

Maia defende uma proposta elaborada pelo ex-secretário do Tesouro Bernard Appy, que unifica cinco tributos federais, estaduais e municipais.

Cintra criticou-a considerando a formação do "maior imposto do mundo". O governo pretende enviar uma proposta ao Congresso ainda este ano.

Para assessores de Cintra, a ideia de Appy e Maia é boa, mas precisa de ajustes. Teria que haver uma definição clara de quem vai arrecadar o imposto e julgar quem não paga, explicou uma fonte ao blog Entre Quatro Poderes.

Uma outra fonte, que transita entre a Receita e o Congresso, concorda com a ideia de "vaidade". "Estão mais preocupados com o espaço que podem ganhar ou perder, e menos com o impacto que tal medida pode implicar para a sociedade", disse, sob condição de anonimato.

Veja as declarações de Rodrigo Maia na GloboNews aqui

Sobre o Blog

Os repórteres do UOL Notícias em Brasília trazem informações do Congresso, do STF, do Planalto e dos ministérios que nem sempre habitam as manchetes, mas que revelam os bastidores dos poderes.