Topo
Entre Quatro Poderes

Entre Quatro Poderes

Em queixa, deputado diz que presidente do PSL o xingou em aplicativo

Guilherme Mazieiro

13/08/2019 15h24

Em menos de 3 horas após a expulsão do deputado Alexandre Frota dos quadros do PSL, o partido do presidente Jair Bolsonaro, o deputado Bibo Nunes (PSL-RS) provocou mais uma rusga na legenda. Ele ingressou com uma representação no conselho de ética do partido hoje contra o presidente da sigla, Luciano Bivar (PSL-PE), reclamando que foi xingado.

Deputado afirma que recebeu do presidente do PSL mensagem com termo de baixo calão

Deputado afirma que recebeu do presidente do PSL mensagem com termo de baixo calão

O documento protocolado hoje (13) disse que Nunes se sentiu ofendido quando, por uma mensagem de WhatsApp, Bivar o mandou "tomar no cu".

A assessoria de Bivar foi procurada pelo blog, mas não se manifestou até o momento da publicação deste post – que será atualizado em caso de resposta.

Há algum tempo, a relação de Nunes e Bivar vem se desgastando. O deputado do Rio Grande do Sul foi retirado de todas as comissões que integrava por decisão do partido e depois entregou o cargo de vice-líder da sigla na Câmara.

"Tal ofensa, quando visualizada pelo representante, também foi vista pelo colega deputado Coronel Chrisóstomo, que estava ao seu lado. Posteriormente foi parar na imprensa nacional (blog Antagonista), causando enorme abalo a sua imagem e à do partido", considerou.

Nunes, assim como Frota, tem opiniões divergentes do comando do partido. O parlamentar disse que sua questão não se relaciona com a de Frota, mas ambos sofreram represálias do partido nas últimas semanas.

"Bivar enxovalhou o decoro no exercício do cargo de Presidente Nacional do Partido, demonstrando total despreparo, razão pela qual impõe-se a apuração dos fatos pelo Conselho de Ética", disse sobre a representação que fez.

Desde que ganhou musculatura, na esteira da eleição de Jair Bolsonaro, o PSL enfrenta conflitos regionais. Em São Paulo, por exemplo, há uma cisão entre as alas próximas a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP) e ao senador Major Olímpio (PSL-SP).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Sobre o Blog

Os repórteres do UOL Notícias em Brasília trazem informações do Congresso, do STF, do Planalto e dos ministérios que nem sempre habitam as manchetes, mas que revelam os bastidores dos poderes.